[UM CONVITE] O dia em que eu não fiz mais que minha obrigação.

marcos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Olá, tudo bem com você?

Marcos Le Pera por aqui novamente….. antes deixa te falar uma coisa.

Caso o que eu esteja te enviando como conteúdo não faça sentido para você, nos avise, não queremos encher sua caixa postal com algo que não seja do seu interesse ok?

Temos um botão lá embaixo para descadastramento.

Bem, vamos ao que interessa……

No último artigo contei um pouco sobre a minha constante necessidade de chamar a atenção do meu pai.

Era uma situação tão interessante, que me fazia ter uma visão unilateral das coisas. No fim das contas, eu só via aquilo que eu queria ver.

Ele demonstrava afeto, mas era do jeito dele. Não do meu.

Pode ser até um pouco de egoísmo da minha parte, mas tinha algumas coisas que eu queria que meu pai me dissesse e ele nunca falava.

Eu queria que ele sentisse orgulho de mim. E a verdade é que ele sentia.

O problema estava na minha forma de encarar a situação. Esperava que ele exaltasse o meu potencial. Afinal, se ele tinha orgulho de mim, eu queria ouvir algo dele que demonstrasse isso.

Algo, que ele NUNCA dizia.

Só pra você ter um ideia, eu sempre trabalhei, desde os meus 14 anos.

E aos 18, eu já tinha dinheiro guardado.

Quando cheguei para o meu pai e disse que tinha dinheiro suficiente para comprar um carro, sabe o que ele me disse? Nada!

Praticamente a mesma coisa aconteceu quando eu entrei na faculdade…

O dia em que eu cheguei, todo animado contando a ele…  

“Papai, tenho uma coisa pra te contar: eu entrei na faculdade!”

A resposta dele para mim foi:

“Você não fez nada mais que sua obrigação!”

Poxa, não era nem de longe o que eu, no meu egoísmo, esperava ouvir dele.

Além do mais essa era a resposta padrão daquela época.

Se você já ouviu isso de alguém, sabe bem como eu me senti.

Você pode até me dizer que eram outros tempos e que a educação era outra, mas sei que ainda existe muita gente que passa por isso.

Mas sabe qual é o verdadeiro problema?

Esperar que a aprovação venha de outras pessoas, quando na verdade, nós é que temos que ter consciência daquilo que somos, queremos e sonhamos.

Desde pequeno eu já sabia que queria ser publicitário, então o que será que eu estava esperando do meu pai?

Aplausos? Confete? Reconhecimento?

Olha, se você estiver esperando aprovação de outras pessoas para começar a agir rumo ao seu sonho, sinto muito, mas você não vai chegar lá.

Já te disse outras vezes, mas vou repetir: você precisa tomar consciência do seu potencial.

Talvez você não tenha feito nada na sua vida até agora simplesmente porque você ainda está esperando que alguém te diga o que fazer.

Poucas pessoas tem sensibilidade para reconhecer o talento que existe no outro, poucas pessoas estão preparadas para te dizer: “Ei, vá em frente!” ou “Parabéns, você conseguiu!”.

E nessa hora, quando você percebe que não tem ninguém te apoiando do jeito que você gostaria, você trava para tudo o que a sua competência (não acessada) poderia te proporcionar.

Por isso eu estou reunindo um grupo seleto de pessoas magnéticas, para que você seja impulsionado a crescer, batalhar e conquistar os seus sonhos.

Chamo esse movimento de CLÍNICA MAGNÉTICA. Ele é focado em de empreendedores e pessoas de alta performance.

A BOA NOTÍCIA É QUE E AGORA VOCÊ TAMBÉM PODE FAZER PARTE DELE!

Você vai ter a oportunidade de compartilhar experiências, fazer networking, firmar parcerias e aprender muito, MUITO MAIS!

Eu estarei por lá para compartilhar minhas experiências e te ajudar a chegar aonde você quer e, ir mais mais longe.

Acesse:

👉 marcoslepera.com.br

Eu vou te ajudar a acessar suas forças.

Seu potencial existe e você não precisa esperar para fazer acontecer, porque a hora é agora.

Um abraço!

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MANIFESTO

VALIDAR(SE) VALORIZAR(SE) VIBRAR. VENCER. VOAR. VIVER COM VALOR.

A VIDA

Todos nós desde que nascemos somos estimulados a crescer. Do berço ao túmulo, aprendemos, conectamos, desafiamos e somos desafiados.
Se não fosse assim, você estaria lendo isso na parede de alguma caverna. Mas evoluir não basta. O desafio é fazer isso com valor.
Como andam seus desafios?

O VALOR

Todos nós nos expressamos por valores. Os valores da família, da escola, da sociedade.
Viemos nessa breve passagem pelo planeta para expressar valores, mas o que é mandatório para se ter sucesso, é estar aberto a infinitas possibilidades, seja em nível pessoal ou profissional.
Quais são seus valores?

Receba nossos

conteúdos

entre em

contato

“Meu propósito é fazer pessoas e negócios crescerem exponencialmente”

increva-se no canal

Nossos números

@ 2021 Marcos Le Pera, Incrível Talento e Transformação Fenix todos os direitos reservados

CNPJ 13.329.682/0001-22

curso online GUARDIÃO DOS ARQUÉTIPOS

convite para uma fascinante jornada de autoconhecimento.

X